Análise da Semana

Argentina – Análise da Semana

João Galdino D. Rodrigues

A imprensa argentina está repercutindo a visita de Macri à Casa Branca, no dia 27, reunião essa chamada de positiva pela Chanceler Malcorra, e elogiada também pelo lado estado-unidense, Trump chegou a afirmar que Macri era um grande presidente. Foram quase 2 horas de conversa. Os assuntos mais relevantes são as exportações de limões da Argentina para os Estados Unidos, alguns assuntos econômicos como, o balanceamento da balança comercial, que hoje é deficitário para a Argentina, e, também a declaração do Papa Francisco sobre a situação na Venezuela, complicada, mas que para a Malcorra, precisa andar, essa discussão perdura e não há resultados, além disso, para a Chanceler, é necessário que não haja golpes, e ela polemiza mais ainda, pois nas palavras da mesma, “a Assembleia Nacional Constituinte jogaria gasolina no fogo”, a notícia oficial é do dia 2 de Maio, talvez tenha sido cedo demais, pois no dia seguinte.

Pegando gancho dessa notícia, há um comunicado anterior, do dia 30, que por sinal, nosso colega Kayque Ferraz, o Brasil, comentou ontem. A Nota afirma que Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Peru, Paraguai e Uruguai aderiram às expressões da Santidade Papa Francisco sobre o que deve acontecer na Venezuela ser negociado e com todas as garantias necessárias, evitando violência, respeitando Direitos Humanos e definindo um cronograma eleitoral.

Durante essa semana, a caminhada está diferente, no dia 3, o Governo soltou uma nota de repúdio sobre o lançamento de um míssil pela Coreia do Norte, ainda informou uma série de Resoluções do Conselho de Segurança da ONU desrespeitadas. No dia seguinte, Argentina, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, México e Paraguai, soltaram outra nota condenando o uso da força excessiva pelas autoridades venezuelanas, neste comunicado, os países citados pedem respeito à sua Constituição, além de dizer que está na hora de chegar a um acordo concreto sobre essa crítica situação.

E dentro do território da Argentina, não há nada para dizer?

Claro que temos! Por exemplo, no dia 4, o vice-chanceler do Cazaquistão, Ashikbayev, visitou a Argentina e teve uma reunião com o vice-chanceler, Pedro Villagra, além de audiência protocolar com a chanceler. A ideia da reunião foi de estreitar vínculos políticos, econômicos e culturais, assim, aprofundar um diálogo e realizar visitas afim de uma cooperação bilateral.

Ainda no dia 4, houve um Diálogo entre o MERCOSUL e CER (Acordo Comercial sobre Relações Econômicas de Austrália e Nova Zelândia), em Buenos Aires. Uma reunião de aproximação comercial. Esta relação rendeu, em 2016, mais de 1 bilhão de dólares em importações, e mais de 1 bilhão e 100 mil dólares em exportações, portanto é interessante esta promoção.

Chegamos a última notícia da semana, por enquanto… ontem, 8, foi realizado um Foro de Negócios entre Itália e Argentina, presidido pelos Chanceleres dos dois países. Até o final deste texto, ainda não havia começado, porém, indico a vocês o site da principal agência estatal de notícias da Argentina, a Télam (Telenoticiosa Americana), ou até mesmo o complexo site do Ministério das Relações Exteriores, em sistema “beta” até o início dessa semana.

Nos jornais que circulam nas ruas, dentre os principais o “Clarín”, o “La Nación” e o “Infobae”, a única notícia, ou manchete que se pode destacar dessa semana, é a visita de Sérgio Matarella, Presidente da Itália, que não “enviava” um mandatário a 16 anos, para uma reunião com Macri. Uma reunião simples, somente para aproximar as relações. Além do El País, que não é um jornal Argentino, porém, frequentemente escreve sobre os assuntos mais importantes.

Para saber mais:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s