Relações Exteriores

Quem é o Ministro das Relações Exteriores do Chile e o que ele fez durante a semana?

Leandro Castro

O chanceler chileno Heraldo Muñoz Valenzuela, e a Presidente da República do Michelle Bacheret, puderam celebrar em Pequim, um acordo de Rota e Fuga, sendo promovido pelo presidente chinês, Xi Jinping, com o intuito de investir em infra estrutura e mobilidade logística no país costeiro, e em 28 outros Estados aliados estratégicos e comerciais, neste no último domingo, 14/05/2017.

Ministro Heraldo Muñoz Valenzuela

A estratégia inicial era constituir uma plataforma aberta e inclusiva de cooperação e benefício mútuo, tendo foco principalmente em países da Europa, Ásia, e também, foram acrescentados alguns países do leste africano, como por exemplo, a Somália, e alguns países do continente americano, tendo como um dos destaques principais, o Chile, pois diferentemente de Estados sul americano, que passam por instabilidade política interna, o Estado chileno, vem sido acompanhado de uma projeção econômica ainda maior, mais liberal, e com dotada de uma política cambial menos restrita, defendendo uma maior abertura comercial para países com saída pro Pacífico.

A estratégia foro da faixa e a rota foi contemplada pelos 29 chefes de Estados presentes, e recebida com flores pelos os chineses em sua chegada em Pequim, a presidenta do Chile, Michelle Bachelet, mencionou que o futuro aguarda o estado chileno como uma ponte entre China e América Latina, trazendo benefício recíprocos, e que também, a faixa e a rota, é uma iniciativa chave no processo de conectividade para o futuro sustentável, em especial na promoção de acordos regionais e melhora nos nexos Ásia e Europa, e o Caribe, articulando ainda mais a utilidade circunstancial do oceano pacífico, indico, e com fragmentações fluviais no oceano atlântico.

Neste mesmo dia, o ministro das relações exteriores Heraldo Muñoz, foi responsável por mediar importantes acordos bilaterais entre Chile e China, acordos que até o ano de 2016, gerou um ganho comercial de 30 bilhões de dólares ao Chile, sendo este um progresso, tendo em vista, uma política econômica independente de um Estado associado ao MERCOSUL.

Para saber mais:

Fontes e links entrevista completa da presidenta sobre o novo acordo transcrito.

Imagens da reunião entre os líderes no último domingo, 14/05/2017:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s