Análise da Semana, Política Externa

Acontecimentos Recentes na Política Externa do Peru

Pedro Henrique Gonçalves

Vamos acompanhar o que andou acontecendo durante essa semana com nossos hermanos? Ao decorrer dessa semana, na sexta-feira passada (26/05) depois de intensos e longos debates, o Congresso peruano aprovou pela maioria, retirar os termos “identidade de gênero” e “gênero” de seus decretos legislativos; as regras foram aprovadas pelos poderes legislativos e foram concedidas ao Executivo em setembro de 2016.

O Ministério da Educação (Minedu) já publicou uma nota oficial notificando a mudança no parágrafo número 4 da Política Nacional do Esporte, o novo artigo agora diz: “O esporte constitui um direito humano e, como tal, é inerente a dignidade dos indivíduos e indispensável para o andamento e formação integral das pessoas. Deve-se garantir o acesso a prática esportiva a todas pessoas independentemente de suas diferenças sócio econômicas, éticas, religiosas e de orientação sexual, deficiência ou qualquer outro.”

O governo disse que esta mudança era necessária a fim de tornar possível a implementação da política nacional de esportes, garantindo acesso ao esporte para todas as pessoas, sem discriminação, porque este é um fator importante, a recreação, melhora a saúde, renova os desenvolvimentos físicos, mentais e espirituais do ser humano.

Você já deve ter visto em algum jornal ou revista sobre os testes com mísseis que a Coréia do Norte anda fazendo, e o Peru estabeleceu relações diplomáticas com o país asiático em 1988 e tem um histórico de boas relações que vão da compra e venda de armamentos e um comum “desapego” pela Coréia do Sul. Entretanto, o Peru está realizando uma revisão das relações bilaterais com a Coréia do Norte como uma forma de protesto contra os teste com mísseis.

Durante essa semana também, o Congresso do nosso país vizinho assinou com o Parlamento Europeu um programa de apoio a democracia, o acordo foi assinado pela presidente do Congresso peruano, Luz Salgado e pela euro deputada Renata Weber; esse acordo visa o compartilhamento de experiências e conhecimentos do Legislativo Europeu com o Congresso peruano, mas como? O programa propõe mais intercâmbios entre as nações, através de visitas e conferências. Tanto que a euro deputada Weber, ainda ressaltou que o Peru é o único país da América Latina com quem a União Européia tem uma relação de cooperação tão estreita como esta que se concretizou.

Por fim, o que vem sendo muito discutido dentro do Peru já a um bom tempo, assim como no Brasil, mas ganhou maior destaque e relevância nos últimos meses é a questão da corrupção. Nem mesmo o Peru se livrou de ter nome de políticos do país envolvidos em alguma parte do esquema da Operação Lava-Jato, por tanto, o que já era muito discutido no país ganhou ainda mais relevância e nessa semana; o presidente do Poder Judicial, Duberlí Rodriguez, se comprometeu a desenvolver um trabalho digno, a altura das circunstâncias e problemas encontrados e enfrentar o prejuízo da corrupção, agora também como titular da Comissão de Alto Nível Ante Corrupção, antes o cargo dessa Comissão pertencia a Edgar Alarcón que renúnciou seu cargo, depois de várias denuncias de corrupção e como as empresas de Alarcón lucraram mais do que podiam.

Para saber mais:

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s