Análise da Semana, Política Externa

Acontecimentos Recentes da Política Externa Brasileira

Kayque Ferraz Costa

Nos últimos dias de maio e neste começo de junho ocorreram algumas coisas interessantes entre o Brasil e o mundo. Trago aqui alguns desses pontos que valem a pena pensarmos sobre. Para maior aprofundamento indico os links ao final do texto. Vamos lá…

Após as manifestações ocorridas em Brasília no último dia 24, a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) e Escritório Regional para América do Sul do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH) emitiram uma nota no dia 26 condenando o uso excessivo da força por parte da Polícia Militar para reprimir os protestos. No mesmo dia o Itamaraty repudiou a nota que tinha, em seus termos, “teor desinformado e tendencioso”.

No dia 31/05, aconteceu em Washington a 29ª Reunião de Consultas de Ministros das Relações Exteriores da OEA. O objetivo do encontro foi “deliberar acerca de problemas de caráter urgente e de interesse comum para os Estados americanos”.

Em reunião, ainda em Washington, Brasil e México acordaram acelerar as negociações para ampliação das relações comerciais entre os dois países. Almejam ainda este ano chegar a um acordo que leve ao aumento do comércio bilateral e acelere a atração de investimentos estrangeiros produtivos para os dois países

Por meio de nota, junto com o Ministério do Meio Ambiente, no dia 01/06, o Itamaraty lamentou a saída dos EUA do Acordo de Paris e reafirmou o seu comprometimento para a implementação do Acordo.

Com vista ao dinamismo das relações bilaterais, o ministro Aloysio Nunes se encontrou com o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, no dia 02/06 para apresentar propostas nas áreas de áreas de comércio e investimentos, aviação civil, espaço, infraestrutura, energia, agricultura, saúde, economia digital, defesa e segurança.

Nos dias 02 e 03, o ministro esteve em Porto Príncipe no Haiti para reunião com o chanceler haitiano Antonio Rodrigues. Aloysio Nunes participará da cerimônia de passagem de comando do 25º para o 26º e último contingente militar de tropas brasileiras da MINUSTAH, marcando assim o período final da bem-sucedida atuação do Brasil no âmbito da Missão. O Brasil mantém ampla agenda de cooperação técnica com o governo do Haiti, principalmente nas áreas de saúde e formação profissional.

Enfim, é isso. Até a próxima semana.

Para mais informações:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s