Análise da Semana, Política Externa

Como foi a semana da Política Externa da Argentina?

João Galdino D. Rodrigues

A semana foi quente para o MRECIC, e tudo por um motivo bem simples: Susana Malcorra, atual ministra, deixará o cargo no próximo dia 12, por questões pessoais, isso porque a família dela vive em Madrid, e ela não pode ficar próxima deles.

É possível que, por trás desta saída inesperada para o público, mas já sabida pelo governo desde o início de abril, haja um plano para o sonho de Malcorra, que foi escrito em artigos anteriores, o de ser Secretária-Geral da ONU, apesar de ser muito cedo, a ministra pode ter planos grandes e estratégias para tanto.

O presidente Macri, chamou de fundamental a participação de Malcorra no período em questão, e, em seu mandato. Foram 18 meses desde a eleição, e para ambos (Macri e Malcorra) a impressão que ficou, ou seja, os resultados dessa escolha foram surpreendentes. O objetivo de recolocar a Argentina a no cenário internacional, foi alcançado, e é perceptível, principalmente neste ano, já que a Argentina esteve presente em diversos foros ao redor do mundo, além de realizar importantes reuniões para aparar arestas.

Em sua última coletiva de imprensa como ministra, Malcorra deixou claro seu atrito com Marcos Peña, chefe de gabinete dos ministros. Para o ocupar o lugar, foi escolhido o embaixador argentino em Paris e ex-aluno de literatura de Jorge Bergoglio (Papa Francisco), Jorge Faurie, considerado pela mídia mais próximo de Macri e Peña, entretanto, durante esse período de transição Fulvio Pompeo, assessor de Macri para assuntos internacionais, acumula funções. Além disso, Malcorra, será uma assessora internacional do governo Macri, mas, agora morando na Europa.

Apesar de tudo isso, Malcorra continua a receber pessoas de nome com muito peso no cenário, por exemplo, a Representante da União Europeia para Assuntos Exteriores e Política de Segurança, Federica Mogherini, para discutir a preparação da 11° Conferência Ministerial da OMC, a reunião do G 20, que será em Buenos Aires no ano que vem, além da aproximação entre Mercosul e União Europeia. E, talvez mais impprtante, receberá Angela Merkel em 8 de junho

Para saber mais sobre a visita de Merkel:

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s