Análise da Semana, Política Externa, Relações Exteriores

Como foi a semana da Política Externa da Argentina?

João Galdino D. Rodrigues

Enquanto nas últimas semanas a política externa argentina foi literalmente externa, cheia de viagens, dos ministros, secretários e do presidente, o panorama atual é interno apesar de “política externa”. A semana no MRECIC foi cheia de expectativas, envolvendo a visita de Angela Merkel, chanceler alemã, ao país, e a entrada da Argentina em algumas organizações. Porém, o mais esperado ainda está por acontecer, ou melhor, está acontecendo no neste exato momento.

Inicialmente falaremos de Merkel: No dia 8, da última semana, a chanceler alemã, que faz uma rápida passagem pela América Latina, deu uma passada na Argentina, recebeu a chave da cidade de Buenos Aires, e participou de uma homenagem a San Martin. Na verdade, a visita não teve um objetivo único, Merkel realizou visitas, fez diversas reuniões com ministros, secretários, com Macri. Com muitos elogios de ambas as partes, é possível percebermos uma aproximação entre o Mercosul e União Europeia, uma cooperação que demora a sair. De maneira geral, essa visita recoloca a Argentina no cenário mundial, já que por muito tempo, o país se encontrou deslocado e totalmente na sombra do Brasil e do próprio Chile.

Outro ponto importante dessa semana, demonstra ainda mais essa alavanca internacional da Argentina. Um comunicado do Ministério reafirma a inserção da Argentina em dois blocos, primeiro a Agencia de Energia Nuclear (AEN), que o Brasil não é membro, e é uma agencia intergovernamental subsidiária da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), além disso, a Argentina adentrou o Banco de Dados do Conselho da OCDE.

Por fim, há outros dois pontos importantes, e que ocorrem hoje, dia 12 de Junho. Primeiramente, entre hoje e amanhã (13), Macri recebe o Primeiro Ministro português Antonio Costa e o Ministro de Assuntos Exteriores português, a reunião ocorre para fortalecer vínculos diplomáticos e bilaterais. Entretanto, há outro ponto de maior importância, assume hoje o novo Ministro de Relaciones Exteriores y Culto, Jorge Faurie, é importante ressaltar que até o final da edição semanal, nada ainda havia ocorrido, portanto, na próxima semana teremos maiores detalhes do Ministro e do que ocorreu com a política externa argentina durante essa semana, já sob novo “domínio”.

Como observação recomendo um vídeo da Agência Nacional, a Télam, onde é possível ver o discurso de Macri e Faurie, além do juramento de Faurie na Casa Rosada, o discurso é bastante confuso, não há legenda em português, porém, mesmo para os argentinos o que foi falado é vazio, e confuso.

Para saber mais sobre a troca de ministros:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s