Análise da Semana

O Projeto de Renda Básica Uruguaio

Ana Letícia Palacio Hortolani

Nessa semana (19/06/17), ficamos sabendo pelo jornal uruguaio El País que, a pedido do Secretário de Direitos Humanos, Nelson Villarreal, a Universidad de la República se unirá a outras faculdades para estudar a viabilidade de se gerar um sistema de renda básica.

A renda básica seria uma quantia dada aos cidadãos, mesmo aos que não desejam trabalhar de forma remunerada. Participam deste estudo o reitor da faculdade de Ciências Econômicas, Rodrigo Arim, a pesquisadora Andrea Vigorito e os cientistas políticos José Busquets e Christian Mirza.

Tomo a liberdade de comparar essa iniciativa com a da realizada pela Finlândia no início do ano de 2017, onde foi concedido uma renda 560 euros (2.000 reais) para um grupo de cidadãos finlandeses. Trata-se de um projeto experimental com duração de dois anos para a primeira etapa do processo.

De acordo com uma entrevista concedida ao jornal El País, Villarreal diz que a sustentabilidade da democracia está na distribuição básica de recursos. O Secretário também frisa que estamos falando de uma renda básica, e que se as pessoas quiserem uma renda média será necessário trabalhar para isso. Segundo o mesmo, “muitos trabalham para consumir, a renda básica deve estar ligada a outros incentivos” esse modelo de renda básica deve ser visto como “um modelo de integração social”.

Vale a pena acompanhar o andamento deste e de outros projetos parecidos que estão sendo desenvolvido ao redor do mundo, observar seus resultados (positivos ou negativos) e a influência do mesmo nas próximas gerações de trabalhadores.

Para saber mais:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s