Conflitos, Intolerância

China e a Perseguição ao Falun Gong

Pryscila de Carvalho

A intolerância religiosa acontece normalmente com crenças advindas de outras culturas; mas China ela acontece com um hábito que nasceu no território chinês.

Criada em 1992 pelo chinês Li Hongzhi com base no budismo e no taoísmo, Falun Gong ou Falun Dafa é uma prática meditativa que tem como princípios básicos:  verdade,  benevolência e tolerância. É composta por cinco exercícios e acredita-se que a sua prática elimina gradativamente os comportamentos negativos. Não é considerada uma religião, em sua prática não existem preces, e não há existência de templos ou igrejas, podendo os exercícios serem praticados em qualquer local.

Nos seus primeiros anos a prática meditativa foi incentivada pelo governo por ser associada a melhoras na saúde da população, o que fazia com que houvesse menos gastos com o sistema de saúde. Mas em 1999 este tipo de meditação foi proibido na China pelo presidente Jiang Zemin sob alegação de que o Falun Gong era uma ameaça à sociedade, por estimular superstições. Mídias direcionadas pelo governo exibiam histórias inverídicas envolvendo mutilações e suicídios, associando-os com a prática meditativa, no intuito de afastar dela a população.  Estudiosos apontam como o real motivo da proibição a insegurança dos estadistas devido a rápida popularização da prática meditativa e o medo que de que ocorresse como em outros tempo na história do país que tal movimentação devido ao seu tamanho pudesse gerar revoltas e reformas.

Os praticantes do Falun Gong sofrem perseguição por parte do Partido Comunista Chinês, são presos e mandados para os campos de reabilitação para o trabalho que na verdade são campos de trabalho forçado, onde sofrem torturas, espancamentos , alguns são largados para morrer de fome e uma parte é submetida à extração forçada de órgãos. O relatório de Direitos Humanos do Departamento de Estado dos EUA, estima que de 1999 a 2008 , 6 mil praticantes foram condenados à prisão, 100 mil foram mandados para campos de trabalho forçado e 3 mil foram mortos sob tortura.

Para saber mais:

Perguntas sobre o Falun Gong:

A meditação proibida:

Why is Falun Gong Banned?:

Perseguição na China contra o Falun Gong:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s