Análise da Semana, Fronteiras, Governo

Bolívia e a Amazônia brasileira

Luísa da Silva Gomes

Recentemente, as últimas declarações do atual presidente do Brasil acerca da Amazônia têm gerado controvérsias e para grande parte dos brasileiros, indignação. Apesar disso, pouco se tem dito a respeito nos jornais bolivianos. Contudo, as poucas opiniões expressas na mídia do país  vão de encontro com ações do governo brasileiro.

Dentro da América do Sul, existe de certa forma, um sentimento de unidade sobre seu território, embora o Brasil seja o país com o maior distanciamento nesse sentido, o que acontece em função da diferente característica de colonização e consequentemente o idioma diferente. Não obstante, em um grau diferente, existe uma proximidade, afinal, além do Brasil ser o país da América do Sul com o maior número de vizinhos fronteiriços, ele também compartilha com alguns desses países uma de nossas maiores riquezas, a floresta Amazônica.

Neste último dia 3, o periódico online do El país boliviano, foi enfático ao expressar sua aversão a atual posição do governo brasileiro, onde destacou que no passado, o Brasil era fiel ao expressar seu nacionalismo e sua contrariedade a intervenções militares na Amazônia, tanto o governo, quanto a mídia local. Por outro lado, hoje, Michel Temer mostra-se submisso aos planos de “expansão imperial” e incapaz de defender a população local de qualquer que seja o ataque externo.

Entretanto, de certo modo, tenho a impressão que praticamente todas as notícias bolivianas acerca de política externa sempre acabam se voltando para as políticas Estadunidenses, deste modo, a conclusão que se chega ao ler a notícia não é que a Amazônia esteja escorrendo entre os dedos por causa de decisões do presidente do Brasil, mas sim, devido a pressão dos EUA em fortalecer a presença militar na América Latina (como dito no próprio título da notícia), atacando não apenas o governo brasileiro, mas também com os governos de Macri, Bachelet, Cartes o Santos.

Já o jornal Corre do Sul, limitou-se a lembrar da comemoração do Dia da Amazônia, no dia 05/09 que ocorreu imersa a deterioração, desmatamento e desrespeito ambiental na floresta que vem se intensificando cada dia mais.

Para saber mais:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s