Conflitos, Míssil, Orçamento, Segurança Nacional

Japão e a Coreia do Norte

Matheus Raimundo Cornedi

No lado oriental do mundo, cada vez mais a Coréia do Norte se mostra um agente com potencial de causar danos irreversíveis a todo o globo, como foi visto no dia 29 de agosto de 2017, em que lançou um míssil que cruzou o norte do Japão e causou alarde em diversas cidades nipônicas.

O míssil que pode ser visto nos céus da ilha de Hokkaido, fez com que não apenas Hokkaido, mas sim outras cidades tomassem medidas de segurança, tais como pedir evacuações emergenciais para abrigos nucleares e que empresas fechassem suas atividades até segunda ordem. A situação fez com que o Ministério da Defesa japonês entrasse com planos de investimento para aviões, navios militares e interceptadores balísticos.

Caso o Parlamento japonês aprove o aumento do orçamento, será o sexto aumento do Ministério da Defesa durante o mandato de Shizo Abe, primeiro-ministro japonês. O Partido Liberal Democrata afirma que estas medidas têm como meta a proteção da nação. Porém , Shinzo Abe declarou abertamente em 3 de maio de 2017, que até 2020 irá mudar o Artigo 9° da Constituição Japonesa, que repreende o uso de força militar do Estado em resoluções internacionais e limita a capacidade militar no Japão.

Para saber mais:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s