Agenda 2030, Análise da Semana, Política Externa, Relações Exteriores

Acontecimentos Recentes da Política Externa Argentina

João Galdino D. Rodrigues

A Semana se inicia no dia 2, porém o fato que merece ser destacado está em âmbito regional. No dia 4, houve em Bruxelas, uma reunião sobre a negociação existente entre MERCOSUL e UNIÃO EUROPEIA.

Nessa fase da negociação debateram-se os temas de: Acesso a Mercado, Regras de Origem, Medidas Sanitárias e Fitossanitárias, Obstáculos Técnicos ao Comércio, Serviços e Estabelecimento, Contratações Públicas, Propriedade Intelectual, Comércio e Desenvolvimento, Sustentável e Solução de Controvérsias. Estiveram presentes líderes da Argentina, do Paraguai, do Uruguai, e do Brasil. De forma rápida, é possível dizer que o acordo caminha para criar uma zona de livre-comércio, sendo assim, ainda há muito caminho a ser percorrido, e, os líderes sabendo disso, estabeleceram que todos os meses haverá consultas e reuniões desse tipo, para outros assuntos que agradam a ambos os lados.

Ainda no mesmo dia da reunião em Bruxelas, Mauricio Macri estava em Singapura. Em fevereiro, um decreto do presidente fechou a embaixada argentina lá presente, portanto, esse encontro serviu como reinauguração desta. Apesar das representações e nomes presentes, essa cerimônia não passa de mera formalidade àquele projeto da Argentina, já comentando anteriormente, para ampliar suas relações na Ásia.

Dois dias depois de ambas as reuniões, foi aberto em Buenos Aires, o Simpósio Preparatório para o ECOSOC, com o objetivo de debater a cooperação Sul-Sul e triangular com foco no desenvolvimento, além disso, debater, também a AGENDA 2030, também já descrita em artigos anteriores.

Simpósio Preparatório para o Conselho Econômico e Social das Nações Unidas

Ponto importante para o comércio exterior da Argentina, foi a reabertura do comércio de biodiesel para a Europa, que sofreu penas da OMC nos últimos anos por práticas ilegais do comércio internacional. Até 2013, a Argentina era a maior exportadora de Biodiesel para a Europa. Outra reunião importante ocorre amanhã, entre Macri e Netanyahu, que visa aumentar o investimento de Israel na Argentina.

Por fim, um ponto de polêmica: Foi eleito o 14º governador das Ilhas Malvinas, considerado “ilegítimo”, o que já é uma situação pesada, aumenta mais quando os antecedentes do novo governados são duros e militares.

Para saber mais:

Sobre a eleição do novo governador:

Sobre a Reunião MERCOSUL-EU:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s