Assembleia Geral, Fronteiras, ONU, Terrorismo

Índia acusa Paquistão de ser uma fábrica de terrorismo

Larissa Rodrigues de França

“Por que a Índia é reconhecida como uma superpotência da tecnologia da informação mundial e o Paquistão apenas é reconhecido como uma fábrica de exportação do terror ?”, foi o que questionou a ministra das relações exteriores indiana, Sushma Swaraj, durante a 72º Assembleia Geral da ONU, a mesma criticou a Paquistão dizendo que o país só produz terroristas enquanto Índia forma acadêmicos e profissionais.

A ministra das relações exteriores indiana falou em resposta ao pronunciamento do primeiro ministro paquistanês Sahid Khanqan Abbasi, que acusa a índia de usar força massiva e indiscriminada na região da Caxemira, tornando as relações entre os dois países mais tensas, por conta da divisão desse território cada país busca possuir sua totalidade desde 1947. A índia também acusa Islamabad de treinar, infiltrar e armar militantes na Caxemira.

O Paquistão nega as acusações que foram feitas e o primeiro ministro pediu que fosse aberta uma investigação na ONU para segundo ele “verificar a natureza e a extensão das violações de direitos humanos da índia na Caxemira”.

Os dois países, que possuem armas nucleares, evitaram três guerras desde a independência da Grã- Bretanha, duas por conta da disputa de um território na região do Himalaia.

Segundo a índia, o Paquistão colabora com o terrorismo para conquistar territórios de Jammu além da Caxemira. Na sexta-feira (22), o exército paquistanês confirmou a morte de seis pessoas e vinte feridos por disparos de tropas da Índia na fronteira com a Caxemira.

Para saber mais:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s