Cultura, Direitos Humanos, Estupro, Igualdade, Oriente Médio, Proteção

Aumento dos casos de estupro faz com que o governo restringe a entrada de refugiados

Ana Letícia Palacio Hortolani

Sendo parte da União Europeia, a Finlândia, assim como outros membros, deve receber pessoas que precisem de proteção internacional, adquirindo o status de refugiado. A essas pessoas, devem ser garantidos os direitos humanos e igualdade, dando atenção maior a pessoas em situações mais vulneráveis, como mulheres e crianças.

A necessidade de se receber refugiados é um fenômeno relativamente novo no país, devido a sua localização e pelo fato de não ser um dos principais destinos. Mas isso vem mudando por causa da instabilidade no Oriente Médio. Motivados pela guerra na Síria, nos anos 2014 e 2015, o governo finlandês aumentou a cota anual de 750 para 1050 pessoas, em sua maioria provenientes do Iraque, Somália, Afeganistão e Síria, porém, o número de requerentes é bem maior do que o estabelecido, gerando um problema comum aos países europeus.

Assim como observado em outros países, as diferenças culturais e sociais acabam gerando conflitos entre os nacionais e os refugiados, tais como: xenofobia, racismo, intolerância religiosa, entre outros. Na Finlândia, o número de estupros aumentou significativamente em 2016, totalizando 1063 casos. De acordo com Hannu Niemi, do Instituto de Criminologia da Universidade de Helsinki, essa onda de imigração explica o crescimento dos casos de estupro. Segundo a polícia, há refugiados sendo suspeitos de 15 estupros e cerca de 20 casos de assédio sexual, contudo, não é possível se ter certeza do número exato, pois se trata de um crime silencioso, onde a vítima nem sempre busca ajuda.

Uma pesquisa realizada pela polícia finlandesa chegou à conclusão de que os Iraquianos eram os maiores suspeitos de crimes sexuais. Por conta disso, o governo passou a investir na conscientização dos imigrantes e também a restringir a entrada de refugiados no país, a fim de melhorar a segurança, principalmente após o primeiro atentado terrorista da história da Finlândia.

Para saber mais, acesse:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s