Constituição, Independência, Movimento Separatista, União Europeia

Apoio à Espanha e “efeito Catalunha” na França

Larissa Zanfolin do Nascimento

Apesar de manter-se em um silêncio por cautela durante o cenário de repressão das forças espanholas contra a busca por independência através do referendo catalão, até que na segunda-feira (9) a ministra francesa de Assuntos Europeus, Nathalie Loiseau declarou ao Cnews em uma entrevista o apoio francês a unidade espanhola. Seu maior apelo foi para a resolução da questão através do diálogo, a maior motivação francesa para não apoiar a iniciativa separatista é de que teria como consequência a saída imediata da região da Catalunha da União Europeia.

A ministra apoiou seus argumentos na declaração de Madrid sobre o referendo, o qual dizia que a ação não possui caráter legal de acordo com a Constituição da Espanha. Essa iniciativa catalã e por consequência sua saída imediata da UE prejudicam  as ideias que o presidente Macron possui para o futuro da União, uma reforma que contaria com o apoio do governo alemão. Suas intenções de restabelecer a força e eficiência de uma Europa que ele cita como “mais frágil do que nunca”, e “vítima de ideias como nacionalismo e movimentos identitários” seriam mais difíceis de atingir.

Com a posição tomada pela representante francesa pode-se entender a intenção de reprimir e dificultar os planos do governo catalão, que seria isolado e pressionado por diferentes atores externos que declararam claro apoio ao governo da Espanha.

Enquanto isso no dia 01/10 nas ruas de Nantes, uma cidade francesa e capital do departamento de Loire-Atlantique e da região Pays de la Loire, ativistas independentes pró-regionais em busca da reunificação com a região da Bretanha que corresponde a uma das 18 regiões administrativas da França, além de sua independência do governo central em Paris. Os ativistas carregavam bandeiras regionais da Bretanha junto com bandeiras catalãs, demonstrando o seu apoio e solidariedade à iniciativa separatista da Catalunha demonstrando sua motivação para as próprias conquistas que devem ser contrárias a do governo francês.

Movimento pede a separação da região da Bretanha da França

Para saber mais:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s