Coalizão, Coreia do Norte, Eleição, Parlamento, Vitória

Vitória de Shinzo Abe e suas causas

Matheus Raimundo Cornedi

O partido do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, garantiu uma vitória esmagadora nas eleições legislativas, antecipadas pelo próprio chefe de governo, no dia 22/10/2017 , segundo os primeiros resultados da apuração de votos. A coalizão liderada pelo conservador Partido Liberal Democrático, de Abe, conseguiu eleger dois terços dos representantes da câmara baixa do congresso no Japão. 

Primeiro-Ministro Shinzo Abe

O motivo do porque Abe é capaz de emancipar eleições e ainda conseguir atingir abertamente se reeleger pois mais um mandato como primeiro-ministro japonês pode ser explicado por sua linhagem e suas condutas anteriores.Conhecido como um falcão de direita, ele é de uma família política de alto perfil. Seu pai, Shintaro Abe, era um ex-ministro dos Negócios Estrangeiros e seu avô era o ex-primeiro-ministro Nobusuke Kishi.

Abe ganhou seu primeiro lugar no parlamento em 1993. Nomeado para o gabinete pela primeira vez em outubro de 2005, ele recebeu o papel de alto perfil do secretário chefe do gabinete. Quando ele se tornou primeiro ministro um ano depois, ele foi visto como um homem à imagem do antecessor Junichiro Koizumi – telegênico, franco e com um perfil popular semelhante aos eleitores.

A coalizão do Partido Democrata Liberal, com o partido Komeito, do Sr. Abe ganhou 313 dos 465 assentos na câmara baixa da Dieta parlamentar do Japão – o que lhes confere o poder de apresentar uma revisão da constituição.  Abe anunciou anteriormente que queria rever uma cláusula que renuncia à guerra, conhecida como artigo 9, para reconhecer formalmente o exército do Japão, que é conhecido como “forças de autodefesa”. Ele estabeleceu um prazo de 2020 para atingir essa tarefa altamente controversa. Mas na segunda-feira, ele pareceu abandonar esse alvo, dizendo que não estava “definido em um horário concreto”. Ele disse que esperava “formar um forte acordo” sobre a questão entre os partidos no parlamento e “ganhar confiança” com o público japonês.

Atualmente Abe é o político japonês com mais carisma entre todos os eleitores desta década, e sua posição sobre o fator coercitivo da Coreia do Norte reforça o estado político em que o Japão se encontra. Tentando reduzir seus órgãos pacíficos e diplomáticos, deixando-os apenas em relações comerciais, enquanto em assuntos bélicos, o propósito é se posicionar como uma defesa de união.

Para saber mais sobre a vitória de Abe e história de seus predecessores:

Reforma política da Constituição nipônica:

Estado político e concorrência de Abe, o que faltou:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s