Educação, Imigração, Integração, Investimento, Olimpíada

O desastroso programa de integração ao imigrante e o alto preço pelas olimpíadas na Noruega

Fabiano Almeida

RELATÓRIO DE INTEGRAÇÃO MOSTRA QUE NORUEGA TEM RESULTADO DESASTROSO NA EDUCAÇÃO PARA IMIGRANTES

O Relatório entregue pela FAFO, instituição de pesquisa norueguesa, mostra a grande diferença com que os municípios enfrentam para obtenção de sucesso no programa de integração ao imigrante recém-chegado. O programa tem como objetivo fortalecer e introduzir a participação do imigrante dentro do meio profissional e da comunidade.

A pesquisa acompanhou imigrantes recém-chegados até o momento de inserção no mercado de trabalho. O relatório mostra que a Idade que o imigrante tem quando chega ao país e o nível de educação que o imigrante teve antes de imigrar é um dos fatores que afetam o sucesso do programa. É apresentado também que apenas 20% dos imigrantes com pouca ou nenhuma educação anterior à imigração conseguem passar um exame norueguês após quatro anos de programa. Para Anne Britt Djuve, que conduziu o relatório para Fafo, acredita-se que muitos imigrantes são “incapazes de usar o programa”. Em entrevista à NRK Djuve afirma “Não encontramos grandes efeitos nas medidas mais comuns no programa introdutório”

Em resposta ao relatório entregue pela FAFO a ministra da imigração e integração Sylvi Listhaug (Frp) afirma: “Não podemos dizer que é uma loteria se você tiver boas oportunidades de integração na Noruega com base em onde você mora.” Listhaug propõe o uso de investimentos econômicos para aprimorar o programa. Segundo a ministra “Existem poucas outras áreas que enviamos dinheiro sem reivindicar. Os resultados não estão em linha com o dinheiro que aplicamos”

SEGUNDO EX-PATROCINADOR DO GRUPO DNB, JACOB LUND, AS OLIMPÍADAS DE INVERNO NA NORUEGA SERIAM INVIÁVEIS

Os Jogos Olímpicos de Inverno em 2026 serão sediados em Telemark, condado norueguês de pouco mais de 166 289 habitantes. O evento será dividido entre os condados de Telemark, Vestfold e Buskerud e deve contar com novas modalidades para o evento. Para Jacob Lund “É trágico que a Telemark possa imaginar que seja possível ter tal evento no Telemark, mesmo trabalhando com Buskerud e Vestfold.”  O atual consultor em patrocínio questiona também a viabilidade de construção de novas instalações, a pós utilidade delas e a viabilidade do evento. Em entrevista Lund declara “As Olimpíadas de inverno em Telemark custarão pelo menos 60 bilhões. E eu acho que o município tem mais coisas úteis para gastar o dinheiro.

Para saber mais:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s