Aliança, Coalizão, Eleição, Negociações, Parlamento

Fracasso com a formação de governo pode levar a novas eleições na Alemanha

Eloisa Salles Gomes

Na madrugada desta segunda-feira (dia 20/11), as negociações para a formação de um governo fracassaram na Alemanha. O país dependia de uma aliança entre os partidos da atual chanceler, a CDU/CSU, os Liberais e os Verdes, mas Merkel veio á público pouco antes da meia-noite para anunciar que a coalizão não foi sucedida.

Continue lendo “Fracasso com a formação de governo pode levar a novas eleições na Alemanha”

Aliança, Fronteiras, Invasão, OTAN, Preparação, Proteção

Precaução ou Exagero? Finlândia e Suécia se preparam para uma possível agressão russa

Ana Letícia Palacio Hortolani

A possibilidade da Finlândia se unir à OTAN causou uma reação negativa por parte do presidente Vladmir Putin, que ameaçou uma invasão. O clima de hostilidade só piorou quando a Suécia demonstrou interesse em participar da aliança militar, sendo considerada por Putin, uma “ameaça adicional”.

Continue lendo “Precaução ou Exagero? Finlândia e Suécia se preparam para uma possível agressão russa”

Aliança, Conflitos, Consequências, OTAN, Pesquisa

Finlândia pode ser invadida pela Rússia caso se una à OTAN

Ana Letícia Palacio Hortolani

A Organização do Tratado do Atlântico Norte, ou OTAN, é uma aliança militar e seu fundamental propósito é que “um ataque contra um país da OTAN, será um ataque contra todos os membros”. A organização é atualmente constituída por: Bélgica, Canadá, Dinamarca, França, Islândia, Itália, Luxemburgo, Holanda, Noruega, Portugal, Estados Unidos, Grécia, Turquia, Alemanha, Espanha, República Checa, Hungria, Polônia, Eslováquia, Eslovênia, Albânia, Croácia e Montenegro.

Continue lendo “Finlândia pode ser invadida pela Rússia caso se una à OTAN”

Aliança, Análise da Semana, Eleição, Relações Exteriores

O que há nos jornais que podem influenciar a ação externa do Governo Argentino?

João Galdino D. Rodrigues

Faltando pouco mais de 30 dias para as eleições legislativas, os ânimos internos andam borbulhando e trocas de farpas não faltam, além do mais, é difícil encontrar alguma coisa nos periódicos que não se aproxima desse tema, sobressaem os títulos de Kirchner, candidata opositora, e Bullrich, o candidato macrista (Governo) ao senado. A disputa ainda vive altos e baixos, apesar do pouco tempo para as votações, as primárias têm grande responsabilidade nisso, com 4 grandes nomes, além dos já citados ainda há Massa (1Pais) e Randazzo (Frente Justicialista). Esperemos cenas dos próximos capítulos.

Continue lendo “O que há nos jornais que podem influenciar a ação externa do Governo Argentino?”